Palermo reabre inquérito sobre furto de obra de Caravaggio

"Natividade com S. Francisco e S. Lourenço" sumiu em 1969

Réplica de 'Natividade de S. Franciso e S. Lourenço', de Caravaggio, exposta no Oratório de San Lorenzo
Réplica de 'Natividade de S. Franciso e S. Lourenço', de Caravaggio, exposta no Oratório de San Lorenzo (foto: Ansa)
21:31, 18 JunPALERMO ZLR

(ANSA) - A Procuradoria de Palermo reabriu o inquérito sobre o furto do quadro "Natividade com São Francisco e São Lourenço", obra de Caravaggio datada de 1609.

O quadro foi roubado em 17 de outubro de 1969, do Oratório de San Lorenzo, e, desde então, é uma das pinturas mais procuradas pelo FBI. Contudo, outras investigações sobre o crime já foram arquivadas.

Desta vez, o inquérito foi reaberto a pedido da Comissão Antimáfia do Parlamento da Itália, presidida por Rosy Bindi, já que o sumiço da pintura de Caravaggio pode ter sido arquitetado pela máfia siciliana.

Segundo os jornais italianos, um mafioso da "Cosa Nostra" confessou à Justiça ter roubado o quadro e o vendido ao mercado negro na Suíça.

Atualmente, há uma réplica no lugar em que "Natividade" estava exposta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA