Salvini projeta aliança com Bolsonaro e Trump em 2020

Ex-ministro do Interior quer voltar ao poder no ano que vem

Matteo Salvini ambiciona o cargo de primeiro-ministro, hoje ocupado por Giuseppe Conte
Matteo Salvini ambiciona o cargo de primeiro-ministro, hoje ocupado por Giuseppe Conte (foto: )
13:31, 30 DezSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O ex-ministro do Interior da Itália Matteo Salvini planeja voltar ao poder em 2020 e já projeta uma aliança com outros líder nacionalistas, como Donald Trump, Boris Johnson, Benjamin Netanyahu e Jair Bolsonaro.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira (30) pelo jornal Libero, o secretário do partido de extrema direita Liga afirmou que está aproveitando o tempo na oposição para "estudar como um primeiro-ministro".

"Não estar no governo permite cultivar as relações e criar novos laços. Tenho feito diversos encontros, inclusive em nível internacional, que, por razões oportunas, mantenho em sigilo", disse Salvini.

"Quero me inserir em uma frente mundial que vai de Trump, que será reeleito, passando por Johnson, que acabou de vencer, e Netanyahu, já primeiro-ministro por quatro vezes e que acaba de obter 72% nas primárias do Likud [seu partido], até Bolsonaro", acrescentou.

Segundo o ex-ministro, esses líderes são "criminalizados pela esquerda". Com a Liga liderando as pesquisas de intenção de voto desde o início do ano, Salvini rompeu sua aliança com o Movimento 5 Estrelas (M5S) em agosto passado, na esperança de provocar eleições antecipadas na Itália.

A legenda antissistema, no entanto, fechou uma coalizão com seu maior inimigo até então, o centro-esquerdista Partido Democrático (PD), e conseguiu manter Giuseppe Conte como primeiro-ministro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA