Capitão do navio Diamond Princess é condecorado na Itália

Gennaro Arma era comandante no cruzeiro que ficou em quarentena

Gennaro Arma era um dos comandantes do cruzeiro que ficou em quarentena (foto: ANSA)
16:01, 06 MarROMA E NÁPOLES ZCC

(ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, condecorou na noite desta quinta-feira (5) o italiano Gennaro Arma, comandante do navio Diamond Princess, que ficou bloqueado na Baía de Yokohama, no Japão, em quarentena devido ao surto do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Segundo comunicado do Palácio do Quirinale, sede da Presidência em Roma, Arma foi nomeado com a honraria "Comandante de Mérito da República Italiana".

"Eu não sabia de nada, muito obrigada ao presidente Mattarella", agradeceu Mariana, esposa do comandante. "Estou sabendo da notícia agora, depois ouvirei Gennaro via Skype, como em todas as noites, e vamos aproveitar juntos", acrescentou à ANSA por telefone.

O capitão do Diamond Princess, que está em quarentena no Japão, estava no grupo final de tripulantes que deixou a embarcação no último dia 2 de março. Ele só poderá deixar o país se tiver resultado negativo para o coronavírus, segundo as autoridades japonesas.

O navio de cruzeiro deixou o porto de Yokohama em 20 de janeiro e precisou ficar em quarentena quando chegou a Okinawa em 1º de fevereiro. Ao todo, seis pessoas que estavam a bordo morreram e mais de 700 tripulantes foram infectados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA