Hospital italiano testa tratamento com plasma contra Covid-19

Estudo está sendo feito em pavia, no norte do país

Tratamento com plasma já foi testado na cidade de Wuhan, na China, marco zero da pandemia
Tratamento com plasma já foi testado na cidade de Wuhan, na China, marco zero da pandemia (foto: EPA)
11:01, 02 AbrPAVIA ZLR

(ANSA) - O Hospital Policlínico de Pavia, no norte da Itália, começou a testar um tratamento com plasma sanguíneo para pacientes da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Os primeiros doadores são um casal de médicos residentes em Pieve Porto Morone, cidade de 2,6 mil habitantes situada na província de Pavia. Ambos já se curaram da Covid-19 e desenvolveram os anticorpos para combater a doença.

Testes com plasma de pacientes recuperados já estão sendo feitos em países como Estados Unidos e China, tanto como prevenção para evitar infecções como para tratamento de doentes. O plasma é a parte líquida do sangue e transporta substâncias, como proteínas, e anticorpos.

Pavia, na região da Lombardia, tem 2.180 casos do novo coronavírus, enquanto a Itália inteira registra 110.574 contágios, segundo a Defesa Civil. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA