EUA bate recorde da Itália de mortos em um dia por Covid-19

Por sua vez, Espanha ultrapassa italianos no número de casos

EUA registraram 1.169 vítimas em apenas 24 horas
EUA registraram 1.169 vítimas em apenas 24 horas (foto: EPA)
07:34, 03 AbrWASHINGTON E ROMA ZGT

(ANSA) - Com 1.169 vítimas em apenas 24 horas, os Estados Unidos bateram um triste recorde durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2): ultrapassaram a Itália como o país que mais registrou mortos em um dia.

No dia 27 de março, a Defesa Civil italiana anunciou que tinham sido registradas 969 mortes - 919 no dia e outras 50 mortes do dia anterior que não haviam sido contabilizadas.

A Itália também foi ultrapassada no número total de contágios pela Espanha, chegando a 117.110 contaminados pela Covid-19 contra 115.242. Madri anunciou que foram 932 mortes nas últimas 24 horas. O balanço dos números do coronavírus na Itália é sempre realizado às 13h (horário de Brasília).

Segundo o Instituto Superior de Saúde (ISS) da Itália, o país conseguiu entrar no chamado "platô" de casos, após atingir o pico. Os números, apesar de ainda continuarem muitos altos, estabilizaram e devem começar a cair em breve.

As três nações são as mais afetadas pela pandemia mundial. Os EUA são os que mais registram casos, com 245.573 casos, seguidos pela Espanha e pela Itália. A Alemanha vem na quarta colocação, 84.794 contaminações, de acordo com o Centro John Hopkins.

Já no ranking das mortes, os italianos continuam liderando, com 13.915 falecimentos, seguido pela Espanha, com 10.935, e pelos EUA, com 6.058. A França está na quarta posição, com 5.387 vítimas.

No mundo, os números de casos ultrapassaram a barreira do 1 milhão (1.018.948) de contágios confirmados e 53.211 mortes pela Covid-19. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA