Fotos de satélite mostram água de Veneza mais cristalina

ESA fez uma comparação entre as imagens de 2020 e 2019

Foto dos canais de Veneza, na Itália, tirado no dia 13 de abril de 2020 (foto: Ansa)
15:08, 17 AbrVENEZA ZRS

(ANSA) - Imagens de satélite divulgadas pela Agência Espacial Europeia (ESA) mostraram que as águas dos canais da cidade de Veneza, na Itália, ficaram mais cristalinas após o isolamento imposto pelo governo para combater a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Em decorrência da quarentena, o tráfego de barcos e navios na famosa cidade italiana despencou e isso possibilitou que a quantidade de emissão de gases poluentes caísse, deixando os canais mais limpos.

As fotos de satélite do programa Copernicus comparam a água dos canais nos dias 13 de abril de 2020 e 19 de abril de 2019. A imagem deste ano mostra uma cor azul mais intensa, enquanto a do ano passado a coloração do azul é mais esverdeada e nublada.

Nas redes sociais, diversos moradores publicaram fotos da água dos canais. Em alguns, é possível até ver que peixes e patos nadam tranquilamente.

A ESA, no entanto, afirmou que o congelamento de atividades levou a uma redução acentuada da poluição do ar em toda a Europa, como a diminuição da concentração de dióxido de nitrogênio (NO2), um dos principais marcadores de poluição no norte da Itália.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA