Salvini suspende ocupação no Senado contra 'Fase 2'

Partido do ex-ministro fez ato para liberação total do país

Partido do ex-ministro fez ato para liberação total do país
Partido do ex-ministro fez ato para liberação total do país (foto: ANSA)
12:27, 01 MaiROMA ZCC

(ANSA) - O partido de extrema-direita Liga, do ex-ministro do Interior da Itália Matteo Salvini, decidiu na noite desta quinta-feira (30) suspender a ocupação feita na Câmara e no Senado como forma de protesto pela reabertura gradual do país, prevista para ser realizada a partir do dia 4 de maio.

Segundo Salvini, encerrar a manifestação no dia 1º de maio também "é um ato de respeito pelos trabalhadores parlamentares". No entanto, "se não houver fatos concretos, poderá retomar a ocupação.

O ex-ministro e outros senadores passaram a noite entre quarta e quinta-feira no Senado para pedir um fim mais rápido ao bloqueio do que uma reabertura gradual.

A decisão foi tomada após o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, anunciar os detalhes da chamada "fase dois" do combate ao novo coronavírus, levando em conta os pedidos dos italianos por "respostas concretas".

"Respostas concretas sobre máscaras e proteção da saúde para todos, auxílio a trabalhadores aos quais foram aplicadas demissões temporárias, dinheiro real para comerciantes e empregadores, soluções para famílias com crianças em casa e escolas fechadas, suspensão real de hipotecas, apoio a aluguéis e contas", explicou Salvini. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA