Número de novos casos de Covid-19 na Itália aumenta 0,5%

Percentual é o menor registrado desde o início da pandemia

Itália teve o menor percentual de novos casos desde o início da pandemia
Itália teve o menor percentual de novos casos desde o início da pandemia (foto: ANSA)
19:28, 05 MaiROMA ZGT

(ANSA) - A Itália registrou 1.075 novos casos de coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, no menor aumento percentual desde o início da pandemia, informou a Defesa Civil nesta terça-feira (05).

A alta foi de 0,5%, a mais baixa desde o dia 28 de fevereiro, quando os números passaram a ser divulgados diariamente.

Ao todo, 213.013 pessoas foram contaminadas na Itália. Em números absolutos, é o menor valor desde os 977 registrados no dia 10 de março. De acordo com as informações divulgadas nos últimos dias, a taxa de aumento da doença estava se mantendo em 1% ou menos desde 27 de abril, mostrando o controle da disseminação do vírus no país.

A quantidade de pessoas curadas também voltou a subir, em 2,8% na comparação com o dia anterior, e atingindo o total de 85.231 curados. Em números absolutos, foram 2.352 curas.

Já os doentes somam 98.467, 1.513 a menos do que nesta segunda-feira (04), e no maior número desde 30 de abril.

 

Dos que ainda lutam contra a Covid-19, 1.427 estão internados em unidades de terapia intensiva, 16.270 estão recebendo cuidados médicos em estruturas hospitalares e 80.770 estão fazendo o tratamento em isolamento nas suas residências.

O número de mortos, no entanto, voltou a subir e chegou a 29.315 vítimas. Foram 236 nas últimas 24 horas, mais dos que os 195 registrados na segunda-feira (04) e no domingo (174).

Porém, pela primeira vez, seis regiões não contabilizaram nenhum óbito pela doença: Úmbria, Sardenha, Vale de Aosta, Calábria, Basilicata e Molise. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA