Itália passa de 235 mil casos de coronavírus

Contágios e óbitos diários voltaram a subir no país

Protesto de enfermeiros por melhores condições de trabalho em Gênova, capital da Ligúria
Protesto de enfermeiros por melhores condições de trabalho em Gênova, capital da Ligúria (foto: ANSA)
13:42, 08 JunROMA ZLR

(ANSA) - A Itália registrou nesta segunda-feira (8) mais 280 casos e 65 mortes na pandemia do coronavírus Sars-CoV-2, elevando o total de contágios e óbitos para 235.278 e 33.964, respectivamente.

Os números diários da Defesa Civil representam aumento em relação ao balanço do último domingo (7), quando foram confirmados 197 casos e 53 falecimentos.

Ainda assim, os dados desta segunda-feira estão abaixo da média da última semana, quando o país teve cerca de 283 contágios e 69 mortes por dia. A Itália também contabiliza 166.584 pacientes curados e 34.730 casos ainda ativos, menor número desde 19 de março (33.190).

O país deu na última quarta (3) o passo mais ambicioso em seu cronograma de reabertura após a quarentena, com o desbloqueio das fronteiras regionais e do Espaço Schengen, área de livre circulação na Europa.

No dia 18 de maio, no entanto, o governo já havia autorizado deslocamentos dentro da mesma região e a reabertura de lojas, restaurantes, igrejas, salões de beleza, praias e museus, mas isso não provocou um aumento prolongado dos casos diários. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA