Mais de 35 migrantes testam positivo para Covid na Basilicata

Infectados com coronavírus foram colocados em isolamento

Infectados com coronavírus foram colocados em isolamento
Infectados com coronavírus foram colocados em isolamento (foto: ANSA)
17:49, 21 JulPOTENZA ZCC

(ANSA) - Pelo menos 36 migrantes provenientes de Bangladesh que desembarcaram em Lampedusa no último dia 11 de julho e foram levados para a Basilicata, no sul da Itália, testaram positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A informação foi revelada nesta terça-feira (21) pela força-tarefa regional, a qual explicou que todas as pessoas foram colocadas em isolamento nas estruturas de acolhimento em Potenza e Irsina.

Segundo as autoridades italianas, todos os infectados estavam assintomáticos no momento em que fizeram o exame.

Os funcionários do centro de acolhimento também foram submetidos a testes para detectar a Covid-19 e tiveram resultados negativos.

Ao todo, 50 migrantes, divididos em dois grupos, um de 10 e outro de 40, que chegaram ao país foram transferidos para Potenza, enquanto outros 12 levados para a cidade de Matera.  (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA