Itália 'não pode falhar' em retomada pós-lockdown, diz premier

Conte participou de evento sobre economia neste domingo

Conte defendeu bom uso de dinheiro para retomada do país
Conte defendeu bom uso de dinheiro para retomada do país (foto: ANSA)
13:58, 27 SetROMA ZGT

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, participou neste domingo (27) de um evento sobre economia, na cidade de Florença, e afirmou que seu governo "não pode falhar" no uso de fundos para a retomada no pós-lockdown da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Falando sobre o "Plano de Recuperação", que usará cerca de 209 bilhões de euros da União Europeia, Conte afirmou aos presentes que "está em jogo a credibilidade desse governo e de todo o sistema nacional". "Não podemos falhar nesse projeto", acrescentou.

"É um tempo de renovação. Não podemos voltar à normalidade. A regeneração da economia é um fio condutor na busca para que se realize, de forma autêntica, a relação entre o público e o privado que coloque o cidadão e a pessoa humana, novamente, no centro", pontuou.

O premier ressaltou que, além de projetos estruturais, o novo plano também foca no "desenvolvimento sustentável" da Itália e pediu que todas as forças políticas do país se unam nesse objetivo.

A Itália será a maior beneficiada financeira do inédito fundo de recuperação da UE, aprovado em julho, e que disponibilizará através de dois mecanismos, 750 bilhões de euros para os países do bloco se recuperarem economicamente da crise sanitária. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA