Italiano pega 24 anos de prisão por passar HIV para 32 mulheres

Homem manteve relações sexuais sabendo que era soropositivo

Valentino Talluto manteve relações sexuais com quase 60 mulheres
Valentino Talluto manteve relações sexuais com quase 60 mulheres (foto: Ansa)
15:54, 19 OutROMA ZRS

(ANSA) - Um italiano foi condenado nesta segunda-feira (19) a 24 anos de prisão por ter contagiado mais de 30 mulheres em Roma com o vírus HIV.

De acordo com as autoridades, Valentino Talluto, de 35 anos de idade, sabia que era soropositivo e escondeu sua condição ao manter relações sexuais com as vítimas.

No total, 57 mulheres afirmaram que tiveram relações sexuais com o italiano e 32 delas contraíram a doença.

Talluto também foi identificado graças à escutas telefônicas, que permitiram a polícia rastrear outras vítimas abordadas por meio de bate-papos online ou redes sociais.

Os crimes começaram a partir de março de 2015, quando Talluto descobriu que era soropositivo. Ele foi detido em novembro do mesmo ano e havia sido condenado a 22 anos de detenção, mas a justiça aumentou a pena para 24. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA