Itália supera 90 mil mortes por coronavírus

Paciente de Covid-19 em Casal Palocco, nos arredores de Roma
Paciente de Covid-19 em Casal Palocco, nos arredores de Roma (foto: ANSA)
14:19, 04 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - A Itália registrou nesta quinta-feira (4) mais 422 óbitos causados pelo novo coronavírus e superou a marca de 90 mil mortes na pandemia.

De acordo com o Ministério da Saúde, o país soma agora 90.241 vítimas do Sars-CoV-2, sexto maior número no mundo em cifras absolutas, atrás de EUA (450.887), Brasil (227.563), México (161.240), Índia (154.703) e Reino Unido (109.547).

Em termos relativos, a Itália também tem a sexta pior taxa de mortalidade por Covid-19, com 148,63 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Os cinco primeiros são San Marino (201,27/100 mil), Bélgica (185,75/100 mil), Eslovênia (172,39/100 mil), Reino Unido (164,76/100 mil) e República Tcheca (157,01/100 mil), de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

A Itália também contabiliza 2.597.446 casos confirmados (+13.659 em 24 horas), 2.076.928 pacientes curados (+17.680) e 430.277 contágios ativos (-4.445).

O país iniciou sua campanha de imunização em 27 de dezembro e, até o momento, vacinou cerca de 1,37 milhão de pessoas, sendo que 867.237 já receberam as duas doses. (ANSA) 

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA