Ex-líder do PD diz que decisão sobre Lula é boa para democracia

Nicola Zingaretti durante encontro com o ex-presidente Lula
Nicola Zingaretti durante encontro com o ex-presidente Lula (foto: Reprodução / Facebook)
20:29, 08 MarROMA ZCC

(ANSA) - O secretário do Partido Democrático (PD) Nicola Zingaretti, que apresentou seu pedido de demissão do cargo no último dia 5 de março, se pronunciou sobre a anulação das condenações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e classificou a medida como uma excelente notícia para a democracia.

Em uma publicação no Facebook, o ex-líder da maior sigla da centro-esquerda italiana compartilhou uma foto na qual aparece acompanhado do brasileiro.

"A Corte Suprema do Brasil anulou hoje todas as condenações contra Lula. Uma bela notícia para a democracia, a justiça, a liberdade", escreveu.

Antes de Zingaretti, o ex-primeiro-ministro da Itália Enrico Letta (2013-2014) também comemorou a decisão tomada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, de anular as sentenças contra Lula.

O ex-presidente brasileiro e o ex-secretário do PD se reuniram em fevereiro do ano passado, quando o Lula visitou a Itália em sua primeira viagem internacional depois de ter deixado a prisão, em novembro de 2019.

Na ocasião, Zingaretti alegou ter tido uma "belíssima conversa com Lula, um protagonista extraordinário das batalhas contra a desigualdade". "Olhas nos olhos de cada pessoa. Enfrentar os problemas sem medo, sem atalhos da extrema-direita, que indica os inimigos e depois derruba a economia", exaltara o italiano. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA