Vacina da Pfizer será envasada em fábrica na Itália

Multinacional fechou acordo com a Thermo Fisher Scientific

A multinacional Thermo Fisher tem sede nos Estados Unidos, mas vai envasar vacina da Pfizer na Itália
A multinacional Thermo Fisher tem sede nos Estados Unidos, mas vai envasar vacina da Pfizer na Itália (foto: EPA)
14:17, 25 MarMILÃO ZLR

(ANSA) - A vacina anti-Covid do laboratório alemão Biontech e da multinacional americana Pfizer será envasada em uma fábrica nos arredores de Milão, norte da Itália.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25), em meio às tentativas do governo italiano de fomentar parcerias para a produção interna de imunizantes contra o novo coronavírus já aprovados na União Europeia.

Por meio de uma nota, a multinacional americana Thermo Fisher Scientific confirmou o acordo para "envasar e preparar o produto final" em sua unidade em Monza, a 20 quilômetros de Milão, ao longo de 2021.

"A Thermo Fisher está trabalhando como parte da rede global de produção de vacinas da Pfizer e fornecerá serviços de produção na Itália" diz o comunicado. Segundo a empresa, o imunizante finalizado em Monza será "distribuído em diversos mercados".

Baseada no método inovador do RNA mensageiro (mRNA), a vacina da Biontech/Pfizer é a mais usada na União Europeia e na Itália até o momento.

Até o fim do primeiro trimestre, terão sido distribuídas 66 milhões de doses na UE, contra 30 milhões da AstraZeneca e 10 milhões da Moderna. A Itália, por sua vez, já recebeu 6,6 milhões de doses da Pfizer, 2,5 milhões da AZ e 826,6 mil da Moderna.

O mRNA é uma sequência genética sintética que instrui as células humanas a produzirem a proteína spike, espécie de coroa de espinhos do Sars-CoV-2. Ao entrar em contato com essa proteína, o sistema imunológico fabrica os anticorpos que, mais tarde, servirão para combater o novo coronavírus. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA