Avião com ajuda médica da Itália chega à Índia

País europeu ainda enviará sistema de produção de oxigênio

Equipe médica da Itália desembarca em Nova Délhi
Equipe médica da Itália desembarca em Nova Délhi (foto: ANSA)
11:35, 03 MaiNOVA DELHI ZLR

(ANSA) - Aterrissou nesta segunda-feira (3) em Nova Délhi, capital da Índia, um avião com uma equipe médica enviada pela Itália para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus no país asiático.

Os profissionais da saúde foram recebidos pelos embaixadores Vincenzo de Luca (Itália) e Ugo Astuto (União Europeia). "A Itália está ao lado da Índia na batalha contra o coronavírus. Esse é um desafio que devemos enfrentar", declarou De Luca.

O país europeu ainda enviará equipamentos médicos - incluindo 20 respiradores mecânicos e remédios - e um gerador capaz de produzir oxigênio suficiente para abastecer um hospital inteiro.

As ajudas serão destinadas a um hospital em Grande Noida, cidade-satélite na periferia de Délhi. Com quase 20 milhões de casos e cerca de 220 mil mortes, a Índia enfrenta o pior momento da pandemia de Covid-19 e vem convivendo com falta de leitos e oxigênio em hospitais e cremações em massa para dar conta do crescente número de vítimas.

O país registra mais de 350 mil contágios e 3,2 mil óbitos por dia há uma semana, derrubando as esperanças de que já pudesse ter superado o pior da crise, avaliação que fizera o governo do nacionalista Narendra Modi abaixar a guarda e permitir que a vida retornasse quase à normalidade.

A agressividade da segunda onda da pandemia é atribuída a uma nova variante do Sars-CoV-2 surgida na Índia e a grandes aglomerações que ajudaram a disseminar o vírus, incluindo festivais religiosos, comícios políticos e partidas de críquete com torcida.

Com a popularidade em queda devido ao caos provocado pela Covid-19, o partido de Modi (BJP) perdeu as eleições regionais em três estados (Kerala, Bengala Ocidental e Tamil Nadu) governados pela oposição, apesar de o premiê ter se empenhado pessoalmente na campanha, inclusive promovendo comícios para centenas de milhares de pessoas.

O BJP conseguiu vencer em apenas um dos quatro estados que foram às urnas, Assam, onde o partido já governava. Acossado pela pandemia, o governo autorizou nesta segunda-feira a vacinação anti-Covid para todos os adultos, em uma tentativa desesperada de frear o crescimento exponencial dos contágios.

A população adulta da Índia totaliza mais de 900 milhões de pessoas, sendo que foram aplicadas pouco mais de 154 milhões de doses no país até o momento. Desse total, 27,5 milhões de cidadãos estão completamente vacinados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA