Itália tem mais 2.079 casos e 88 mortes por Covid

Números indicam estancamento em tendência de desaceleração

Movimentação na orla de Nápoles, sul da Itália
Movimentação na orla de Nápoles, sul da Itália (foto: ANSA)
13:49, 10 JunSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - A Itália registrou nesta quinta-feira (10) mais 2.079 casos e 88 mortes na pandemia de Covid-19, elevando os totais de contágios e óbitos para 4.239.868 e 126.855, respectivamente.

O novo boletim do Ministério da Saúde traz um aumento nos casos e nas mortes em 24 horas em relação ao mesmo dia da semana passada, quando haviam sido contabilizados 1.968 diagnósticos positivos e 59 óbitos.

É a primeira vez desde 25 de abril que a Itália registra crescimento nos casos em relação à semana anterior, o que pode indicar um estancamento da tendência de desaceleração dos números da pandemia.

 

O país ainda soma quase 4 milhões de pacientes curados e 169.309 casos ativos, menor valor desde 22 de outubro.

Até o momento, já foram aplicadas pouco mais de 40 milhões de vacinas anti-Covid na Itália, sendo que 13,6 milhões de pessoas, 23% da população nacional (25% da população vacinável), tomaram as duas doses da AstraZeneca, da Pfizer ou da Moderna ou a dose única da Janssen e completaram o ciclo de imunização.

O país passa por uma fase de flexibilização das medidas de restrição, e praticamente todas as atividades já voltaram a funcionar. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA