Itália tem alta no desemprego no 1º trimestre

Os três primeiros meses do ano tiveram índice de 10,4%

Economia da Itália ainda enfrenta consequências da pandemia
Economia da Itália ainda enfrenta consequências da pandemia (foto: ANSA)
09:49, 11 JunROMA ZGT

(ANSA) - A taxa de desemprego na Itália no primeiro trimestre subiu para 10,4%, alta de 0,5 ponto percentual na comparação com o último trimestre de 2020 e de 1,2% quando analisado o mesmo período do ano passado, informou o Instituto Nacional de Estatística (Istat) nesta sexta-feira (11).

O relatório apontou que o número de pessoas ocupadas caiu em 243 mil unidades (-1,1%) em relação ao trimestre precedente e em 889 mil (-3,9%) quando comparado com os primeiros três meses de 2020.

A Itália vem tentando se recuperar dos efeitos econômicos causados pela pandemia de Covid-19 e já aprovou diversos pacotes de ajuda para empresas e setores para tentar reativar a economia. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA