Sul da Itália registra possível recorde de temperatura na Europa

Termômetros de Siracusa mediram 48,8ºC nesta quarta-feira

Área rural da província de Siracusa, sul da Itália
Área rural da província de Siracusa, sul da Itália (foto: ANSA)
14:11, 11 AgoPALERMO ZLR

(ANSA) - A Sicília, no extremo-sul da Itália, pode ter registrado nesta quarta-feira (11) um novo recorde de temperatura na Europa.

Termômetros do Serviço Informativo Agrometeorológico Siciliano (Sias) mediram 48,8ºC na província de Siracusa, dado que ainda precisa ser confirmado por novas análises.

"Se esse número for validado, se tornará o valor mais alto já registrado no continente europeu", disse o meteorologista Manuel Mazzoleni.

O recorde oficial são os 48ºC medidos em Atenas em 10 de julho de 1977, enquanto uma estação não-oficial registrou 48,5ºC em Catenanuova, na Sicília, em agosto de 1999.

Outras cidades sicilianas que ultrapassaram os 45ºC nesta quarta-feira foram Paternò (47,4ºC), Mineo (46ºC), Francofonte (45,4ºC) e Aragona (45,2ºC).

A Itália enfrenta a semana mais quente do ano, com temperaturas frequentemente acima dos 40ºC no sul do país, que já contabiliza ao menos quatro mortes em incêndios florestais neste mês. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA