Voo com mais de 200 refugiados afegãos chega à Itália

País já evacuou cerca de 2 mil pessoas desde queda de Cabul

Refugiados afegãos chegam no aeroporto de Fiumicino, arredores de Roma
Refugiados afegãos chegam no aeroporto de Fiumicino, arredores de Roma (foto: ANSA)
09:59, 23 AgoROMA ZLR

(ANSA) - Mais um voo com 203 afegãos aterrissou na Itália nesta segunda-feira (23), dando continuidade a uma operação que já evacuou cerca de 2 mil refugiados desde a tomada de Cabul pelo Talibã, em 15 de agosto.

O contingente é formado principalmente por ex-colaboradores da missão diplomática e militar italiana no Afeganistão e por seus familiares. Como de praxe, todos os passageiros foram submetidos a controles sanitários anti-Covid após o desembarque no aeroporto de Fiumicino, nos arredores de Roma.

Inicialmente, os refugiados evacuados pela Força Aérea da Itália são levados de Cabul para o Kuwait em aviões C-130 e depois viajam até Roma em Boeings KC-767, que têm maior capacidade.

As Forças Armadas italianas mantiveram até junho passado uma base militar em Herat, como parte da missão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no país asiático.

A retirada das tropas ocidentais, no entanto, permitiu o rápido avanço do Talibã, que havia sido destituído pela invasão americana em 2001 e reconquistou o Afeganistão quase sem enfrentar resistência.

Desde junho, quando encerrou sua missão militar no país asiático, a Itália já evacuou de Cabul mais de 3 mil afegãos, sendo que cerca de 2 mil chegaram em Roma depois da tomada da capital pelo Talibã. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA