Itália terá protestos contra passe sanitário em 1º de setembro

Itália terá protestos contra passe sanitário em 1º de setembro (foto: ANSA)
13:27, 28 AgoROMA ZCC

(ANSA) - Mobilizações em pelo menos 54 cidades italianas estão sendo marcadas para o próximo dia 1º de setembro em protesto contra a obrigatoriedade do uso do passaporte sanitário em transportes interregionais, incluindo balsas e trens de longa distância.

Contra a medida que entrará em vigor na próxima quarta-feira (1º), os manifestantes pretender bloquear algumas das estações ferroviárias do país.

"Não vão nos fazer sair de trem sem passaporte de escravidão? Agora não partirá ninguém", diz o bate-papo do Telegram intitulado "Chega de ditadura" onde estão sendo organizadas as manifestações "No Green Pass".

O encontro do movimento está agendado para 14h30 (horário local), em frente às estações indicadas aos participantes. O anúncio ainda informa que às 15h todos vão entrar e permanecer até a noite.

Nas últimas semanas, milhares de pessoas têm protestado contra a exigência do certificado sanitário anti-Covid para participar de grande parte das atividades comerciais e culturais do país.

Apesar dos atos, o governo italiano não deu nenhum sinal de que irá afrouxar as regras para o uso dos certificados, que permitem o acesso a bares e restaurantes, viagens interregionais e atividades culturais e esportivas, já que comprova a vacinação, o teste negativo de Covid-19 ou a cura da doença. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA