Draghi e Guterres debatem papel da ONU e do G20 na crise afegã

Draghi e Guterres debatem papel da ONU e do G20 na crise afegã (foto: EPA)
18:51, 01 SetROMA ZCC

(ANSA) - O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, e o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, discutiram os últimos desenvolvimentos da situação no Afeganistão e o papel que a ONU e o G20, atualmente presidido pela Itália, podem desempenhar após os Estados Unidos encerrarem a retirada das tropas do país asiático.

Segundo comunicado oficial, Draghi e Guterres falaram por telefone na tarde desta quarta-feira (1º) "principalmente sobre os últimos eventos e as implicações da crise afegã".

Os dois líderes "aprofundaram as perspectivas de atuação da comunidade internacional nos diversos fóruns, incluindo o G20, acordando o papel central que as Nações Unidas podem desempenhar, especialmente em relação à assistência humanitária a favor da população afegã".

O premiê da Itália e o seu ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, estão trabalhando para convocar uma cúpula de líderes do G20 para discutir o retorno do grupo fundamentalista Talibã ao poder do Afeganistão.

De acordo com o chanceler italiano, esta seria uma forma de incluir no debate China, Rússia e Turquia, sendo que os dois primeiros já ensaiam uma aproximação com o Talibã para preencher o vácuo criado pela retirada dos EUA e da Otan.

A expectativa é debater a proteção da população civil, a defesa dos direitos humanos, a ajuda humanitária, o fluxo migratório e a luta contra o terrorismo.

"É importante agir de maneira coordenada em relação aos talibãs.Devemos julgá-los por suas ações, não por suas palavras. Precisamos manter uma posição firme sobre o respeito aos direitos humanos e das liberdades", explicou Di Maio recentemente. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA