Ponte mais famosa de Veneza é reinaugurada com show de Bocelli

Reforma da Ponte di Rialto custou 5 milhões de euros

Reinauguração da Ponte di Rialto, em Veneza (foto: ANSA)
11:01, 08 SetVENEZA ZLR

(ANSA) - A ponte mais famosa de Veneza foi reinaugurada nesta terça-feira (7), após uma restauração de 5 milhões de euros bancada pela iniciativa privada.

Finalizada em 1591, a Ponte di Rialto é a mais antiga entre aquelas que cruzam o Canal Grande da capital do Vêneto e foi reformada a partir de um projeto iniciado em 2012, envolvendo 130 operários e cerca de 80 mil horas de trabalho.

A obra foi bancada pelo grupo OTB, dono da grife Diesel, e a cerimônia de reinauguração contou com as presenças do ministro do Turismo, Massimo Garavaglia, do governador do Vêneto, Luca Zaia, do prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, e com uma apresentação do tenor Andrea Bocelli, que cantou o hino italiano e a ária "Nessun Dorma" do alto da ponte.

"Veneza é uma cidade belíssima, merece respeito, é o símbolo do turismo italiano no mundo, então precisa ser ainda mais protegida", declarou Garavaglia. A reforma utilizou uma técnica de limpeza a laser e a vapor e reforços estruturais com fibras de carbono e aço.

"Foi como restaurar um quadro, quando tiramos as telas [de proteção] sentimos uma emoção única", disse Renzo Rosso, dono do grupo OTB. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA