Berlusconi recebe 3ª dose de vacina anti-Covid na Itália

Berlusconi faz sinal da vitória após tomar vacina anti-Covid
Berlusconi faz sinal da vitória após tomar vacina anti-Covid (foto: ANSA)
10:11, 20 NovROMA ZCC

(ANSA) - O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi recebeu neste sábado (20) sua terceira dose da vacina contra a Covid-19 e fez um apelo para todos os cidadãos do país se imunizarem para evitar "novos sofrimentos e bloqueios".

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, o líder do partido Força Itália (FI) aparece tranquilo, com a manga da camisa levantada, recebendo o imunizante. Após tomar a vacina, Berlusconi faz o sinal da vitória com os dedos.

"As vacinas são a ferramenta de que dispomos para derrotar a Covid e limitar seus efeitos na saúde e na economia. Devemos evitar novos sofrimentos e bloqueios. Depende de você: quem ainda não se vacinou, faça o quanto antes, quem puder, agende a terceira dose", escreveu Berlusconi.

O político contraiu Covid-19 no fim do ano passado e, desde então, precisou ser submetido a vários exames para monitorar as sequelas da doença, especialmente, nos pulmões e no coração.

A terceira dose na Itália está sendo administrada prioritariamente em pessoas com mais de 60 anos, imunossuprimidos e trabalhadores da saúde. Nesta semana, no entanto, o ministro da Saúde, Roberto Speranza, anunciou que antecipará a aplicação do reforço em adultos de 40 a 59 anos para o dia 22 de novembro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA