Premiê da Itália revela que tomou 3ª dose de vacina anti-Covid

Draghi fez declaração durante coletiva de imprensa em Roma

Draghi fez declaração durante coletiva de imprensa em Roma
Draghi fez declaração durante coletiva de imprensa em Roma (foto: ANSA)
17:27, 24 NovROMA ZCC

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, revelou nesta quarta-feira (24) que recebeu a terceira dose da vacina anti-Covid.

A declaração foi dada durante coletiva de imprensa para divulgar as novas medidas contra a propagação do coronavírus Sars-CoV-2, após o Conselho de Ministros aprovar um decreto com regras para conter a quarta onda da doença na Itália.

"A terceira dose? Eu recebi", afirmou o premiê italiano ao responder uma pergunta sobre a imunização.

Durante seu pronunciamento, Draghi explicou ainda que a situação da pandemia na Itália está controlada graças à vacinação que teve sucesso notável, além de agradecer aos italianos por terem aderido à campanha de imunização.

"Queremos prevenir para preservar, para conservar. Queremos ser muito cuidadosos. Por um lado, para evitar os riscos, por outro lado, para manter a normalidade que ganhamos durante este ano e ficar aberto. É com esse espírito que adotamos essas medidas", acrescentou o premiê italiano ao divulgar as novas regras, incluindo a criação de um "super passe verde", "para salvar o Natal". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA