Tunisiano membro de célula do EI é preso no norte da Itália

Tunisiano membro de célula do EI é preso no norte da Itália (foto: ANSA)
19:33, 02 DezVENEZA ZCC

(ANSA) - Um cidadão tunisiano pertencente a uma célula do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) foi preso durante uma operação realizada pela Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Veneza e Gorizia, no nordeste da Itália, informaram as autoridades nesta quinta-feira (2).

"Participação em associação terrorista e atos de terrorismo, os agentes Digos Veneza e Gorizia, coordenados pela Polícia de Prevenção, prendem um cidadão tunisiano membro da célula do ISIS com um mandado de prisão internacional", publicou a polícia no Twitter.

O detido de 25 anos, cuja identidade não foi revelada, foi objeto de um mandado de prisão internacional para fins de extradição emitido pelo Tribunal da Tunísia por "participação em associação terrorista e atos de terrorismo".

Segundo as reconstruções dos investigadores, o jovem desembarcou na ilha de Lampedusa com uma identidade falsa no final de agosto. Da Sicília, após o período de quarentena, ele foi transferido para um centro de acolhimento na província de Veneza, onde foi monitorado pelas autoridades italianas durante cerca de um mês e meio, sob a suspeita de fazer parte de uma associação terrorista.

A confirmação de que o tunisiano era afiliado ao Estado Islâmico e estava envolvido em ataques com artefatos explosivos foi feita por meio da identificação com impressões digitais.

O jovem, que tinha como objetivo chegar ao norte da Europa via Itália, foi transferido para um centro de detenção na região, à espera de ser expulso por ser considerado uma "pessoa perigosa". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA