Terremotos são sentidos em Florença, na Itália

Tremores de 3,7 e 3,4 graus foram registrados a partir do fim da tarde

Terremoto ocorreu próximo a cidade de Florença (foto: ANSA)
19:16, 03 MaiFLORENÇA ZGT

(ANSA) - Dois terremotos foram sentidos na cidade italiana de Florença e áreas próximas na Toscana nesta terça-feira (3), informou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV).

O primeiro foi sentido por volta das 17h50 (hora local) e foi de 3,7 graus na escala Richter.

O epicentro foi em Impruneta, que fica a cerca de 15 quilômetros do centro histórico de Florença, e apenas a 10 quilômetros de profundidade. O tremor foi sentido em um raio de 30 quilômetros ao redor do epicentro.

"Foi registrado um rápido terremoto na área de Florença, com epicentro Impruneta. No momento, não nos chegaram notificações relativas a danos em coisas ou pessoas. Para qualquer informação, contate a Defesa Civil", escreveu o prefeito de Florença, Dario Nardella, no Twitter.

Os monumentos e os museus de Florença não foram danificados, informam fontes do governo. Em primeira análise, as Gallerie degli Uffizi, a Galleria dell'Accademia e o Bargello estão intactos. Também a cúpula do Domo não foi afetada. Novas inspeções serão realizadas nesta quarta-feira (4). 

No entanto, já durante a noite, um novo terremoto de 3,4 graus na escala Richter foi sentido às 22h14 (hora local) em Florença e áreas próximas. 

O epicentro foi, novamente, a localidade de Impruneta, a cerca de 9km de profundidade. A Defesa Civil está monitorando situação.

Estrutura geológica e antigos terremotos

Os terremotos de hoje ocorreram na mesma região onde, em 1895, foi registrado por um fortíssimo tremor, informou o diretor da seção de Pisa do INGV, Carlo Meletti, à ANSA.

A zona entre San Casciano e Impruneta está "muito próxima" a daquele terremoto que causou "uma grande quantidade de danos".

No entanto, Meletti destaca que o sismo dessa vez não foi muito forte, mas se espalhou por uma área "muito vasta" por conta da estrutura geológica local.

"Ele ocorreu em uma bacia na qual as ondas ocorrem com mais frequência. Os nossos mapas indicam que o tremor foi sentido em uma área muito grande, que compreende toda a província de Florença e aquelas de Pistoia, Prato e Arezzo, até mesmo em Siena", pontuou à ANSA.

"Um terremoto nessa área não surpreende porque é uma área conhecida pelos sismólogos por ter muitas sequências sísmicas. A mais longa delas foi registrada em 2014", acrescentou. (ANSA).

   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA