Mulher mais velha da Itália morre aos 112 anos

Angela Tiraboschi morava em Bergamo e deixou 4 filhos

Morta la donna pi? anziana d'Italia, aveva 112 anni
Morta la donna pi? anziana d'Italia, aveva 112 anni (foto: ANSA)
15:58, 08 MaiBERGAMO ZCC

(ANSA) - A italiana Angela Tiraboschi, considerada a mulher mais velha da Itália, morreu na noite do último sábado (7), enquanto dormia em sua casa na via Coghetti, em Bergamo.

A centenária completou 112 anos no último dia 19 de abril e também era a cidadã de Bergamo mais longeva de todos os tempos. Natural de Oltre il Colle, a dona de casa era torcedora da Atalanta e deixa quatro filhos, Roberto, Maria, Luciana e Piero, todos com idades entre 70 e 85 anos.

Recentemente, por conta de seu 112º aniversário, Tiraboschi recebeu felicitações do governador da região da Lombardia, Attilio Fontana. Na ocasião, ela revelou que o segredo de sua longevidade era "refeições rápidas acompanhadas de um copo de vinho. Sem fumo e stress", além de "considerar cada dia da vida como uma dádiva".

A italiana se locomovia com uma cadeira de rodas depois de ter sofrido um pequeno acidente. Durante sua vida, Tiraboschi viu duas guerras mundiais e várias pandemias, da espanhola à Covid.

Nas redes sociais, Fontana expressou suas condolências."Descanse em paz após esta longa vida em que toda a comunidade te amou", escreveu em seu perfil oficial no Instagram. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA