Alpinistas morrem em tentativa de escalar Matterhorn

Corpos de suíço e francês foram encontrados no lado italiano

Vista do lado suíço do Matterhorn
Vista do lado suíço do Matterhorn (foto: EPA)
10:35, 05 JulAOSTA ZLR

(ANSA) - Dois alpinistas morreram enquanto tentavam escalar a face italiana do Matterhorn, uma das montanhas mais famosas e cobiçadas da Europa.

As vítimas são um suíço de 29 anos e um francês de 45, cujos corpos foram encontrados nesta terça-feira (5) a cerca de 3,1 mil metros de altitude - o Matterhorn, chamado de Cervino na Itália, tem quase 4,5 mil metros.

O incidente ocorreu no sábado (2), mas o socorro alpino só foi acionado na manhã desta terça-feira (5), um dia após familiares terem contatado a polícia suíça porque não conseguiam falar com os alpinistas.

Os dois haviam partido de Zermatt, cidade suíça no sopé do Matterhorn, no sábado, atravessaram a fronteira italiana e tinham uma reserva em uma cabana para montanhistas a 3,8 mil metros de altitude, mas nunca chegaram ao local.

A suspeita é de que os alpinistas - que subiam a montanha bem equipados - caíram em função de um escorregão ou um deslizamento de pedras e precipitaram em um canal de 400 metros de altura.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA