Italianos com mais de 50 anos não conseguem emprego

Apenas um quarto destas pessoas está trabalhando

Manifestação na Itália pede mais empregos
Manifestação na Itália pede mais empregos (foto: ANSA)
11:02, 18 JunROMA ZCC

(ANSA) - Os italianos com mais de 50 anos são 24,5 milhões, mas apenas um quarto, 6,7 milhões, está empregado. Entre eles, 4 milhões são homens e apenas 2,6 milhões são mulheres.
    De acordo com o Centro de Estudos de Investimentos Sociais (Censis), nos últimos seis anos, o número de desempregados com mais de 50 anos aumentou 146%.
    "Com a crise, o segmento de adultos entre 50 e 70 anos parece abandonado ao triste destino de abandono e aposentadoria antecipada, sem nenhum mecanismo útil para conservar ao menos uma proporção daquele capital humano", afirma o centro.
    O Censis também chama atenção para a concorrência no mercado de trabalho. "As pessoas com mais de 50 anos, até por causa do prolongamento da idade para aposentadoria, se encontram tendo que competir com pessoas de vinte anos para conquistar um trabalho que não há", diz o centro.
    Os desempregados por longos períodos quase triplicaram nos últimos seis anos na faixa etária acima de 50 anos. Os índices passaram de 93 mil pessoas para 269 mil, representando um aumento de 189%. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA