Lista de cientistas mais citados tem 55 italianos

Ranking aponta 3,2 mil pesquisadores do mundo todo

Lista de pesquisadores mais citados tem 55 italianos
Lista de pesquisadores mais citados tem 55 italianos (foto: Fonte: Thomson Reuters)
20:11, 25 JunROMA EBA

(ANSA) - A classificação internacional dos pesquisadores mais citados do mundo realizada pela Thomson Reuters, revela que dos 3,2 mil profissionais mais citados, 55 são italianos, entre eles 5 mulheres.
    Os nomes foram selecionados "entre os melhores e mais brilhantes cientistas de nosso tempo", informou o próprio instituto.
    O ranking avaliou os pesquisadores mais citados no período entre 2002 e 2012. Estes profissionais "influenciam a futura direção dos seus setores de pesquisa", avalia a Thomson Reuters. Os pesquisadores selecionados poderão publicar em seus sites um "selo de garantia" com a frase "Highly Cited".
    Os italianos representam 2% da lista, mas em alguns setores ocupam um papel de grande importância, como na Medicina. Outras áreas com presença significativa de estudiosos italianos e a de Farmacologia, Agronomia e Espacial.
    Entre as entidades na quais estes profissionais trabalham estão o Instituto Nacional de Astrofísica (Inaf, na sigla em italiano), Conselho Nacional das Pesquisas (Cnr, em italiano), Instituto Italiano de Tecnologia (Lit, em italiano) e Agência Espacial Italiana (Asi, em italiano).
    Entre as Universidades que se destacam estão a de Parma, Bolonha, Turim, Pádua, Florença, Cagliari, Ferrara, Trieste, Áquila, Calábria, Politécnico de Milão, Instituto Mario Negri.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA