Italianos investem cada vez mais em bares e cafeterias

Mais de 360 mil pessoas trabalham no setor

Bares na Itália estão tendo expansão
Bares na Itália estão tendo expansão (foto: Ansa)
20:57, 27 NovROMA ZGT

(ANSA) - Do clássico "bar e cafeteria" para os 21 mil bares italianos da moda que contam com música ao vivo, cada vez mais, os italianos investem nesse tipo de estabelecimento.

 

Segundo o presidente da confederação que cuida da área, Lino Enrico Stoppani, "atualmente o setor está passando por uma grande renovação". Na apresentação do guia "O Bar do Futuro", ele destacou que mais de 360 mil pessoas trabalham em bares no país e que, nos últimos anos, mais de 130 mil empreendedores entraram no setor - especialmente jovens e mulheres.

 

A diferença entre o passado e os estabelecimentos atuais é que as estruturas ficavam nos centros históricos, mas atualmente "os bares estão nos museus, nas estradas, nas livrarias e isso cria um novo ambiente de consumo".

 

Porém, Stoppani alerta que muitos dos novos empresários do setor cometem "erros de operação" e o setor sentiu muito o efeito da crise econômica dos últimos anos.

 

Ele ainda ressaltou que há cursos específicos para quem quer entrar no ramo e que "o mercado é uma escolha positiva para os jovens, não mais um emprego temporário". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA