Colombina? Pierrot? Conheça a origem das máscaras de Veneza

Carnaval de Veneza é inspirado em gênero teatral do séc XVI

Pedrolino/Pierrot (foto: Foto / Divulgação)
13:24, 25 AbrSÃO PAULO Luciana Ribeiro

(ANSA) - Uma das festas mais famosas do mundo, o Carnaval de Veneza, na Itália, chama a atenção de turistas e foliões pela sua histórica tradição de máscaras e fantasias.

Além de ser um dos objetos mais cobiçados durante o carnaval em Veneza, as máscaras são também protagonistas no "Concurso da Máscara Mais Bonita", que conta com um desfile em plena Praça São Marco.

A "Bauta", de cor branca e usada para cobrir o rosto inteiro, é um dos modelos mais usados. Todas, porém, são produzidas com cores vivas, como dourado ou prata, e tem adornos do estilo barroco. Couro, porcelana, acrílico, gesso ou pedras preciosas complementam o design.

As máscaras do Carnaval de Veneza são inspiradas nos principais personagens da famosa "Commedia dell'Arte", um gênero teatral que nasceu na Itália no fim do século XV e se espalhou pela Europa até o século XVIII.
   

Na "Commedia dell'Arte", os atores faziam apresentações repletas de improvisações e sátiras sociais, com interação com o público. Os personagens interpretados nessas apresentações de rua acabaram influenciando os venezianos em fantasias de carnaval.

Máscaras dos personagens passaram a ser usadas como uma forma de manter o anonimato em festas e algazarras, além de eliminar a diferença entre gênero e classe social, tema principal das das peças da "Commedia dell'Arte".
   

Os personagens da "Commedia dell'Arte" são divididos em três categorias: os zanni, representando a classe social mais baixa, ou seja, os servos; os vecchi, pessoas da alta sociedade; e os innamorati, amantes dispostos a casar.
   

Dentro dessas categorias, os mais famosos são:

1)Pantalone:

O Pantalone teria sido um homem muito rico e, apesar da sua idade avançada, era famoso pelas suas aventuras sexuais. O personagem representa o conservadorismo hipócrita da sociedade. Esta é uma das máscaras venezianas mais conhecidas de carnaval.
   

2)Brighella:

Pela história popular, Brighella era um trapaceiro, dissimulado e egoísta. Ele era responsável pela música e pela dança, e sempre carregava um violão. Sua máscara de carnaval representa um servo astuto e engenhoso.
   

3)Arlecchino:

Esta é considerada a máscara mais popular de Veneza. Este personagem é o palhaço do elenco, principalmente por seu modo de caminhar que se assemelha à dança. Além disso, seu sotaque é próprio dos dialetos menos prestigiados da Itália.
   

O servo de Pantalone, que é apaixonado pela Colombina, também é conhecido como "Arlequim" e é facilmente reconhecido por sua roupa branca e preta com estampas em forma de losango.
   

4)Colombina:

Retratada como uma serva inteligente e habilidosa, a eterna amante de Arlecchino também era desejada por Pierrot. Colombina fazia uso de dialetos e, por diversas vezes, vestia roupas parecidas com a do palhaço. Sua máscara é repleta de elegância, pedras preciosas e penas.

   

5)Il Dottore:

Este personagem é um farsante e pode se passar por médico, advogado ou qualquer outra profissão de prestígio. O seu figurino é composto por uma roupa negra. A máscara que representa o "doutor" cobre apenas o nariz e a testa e deixam as bochechas avermelhadas à mostra.
   

6)Pulcinella:

Servo como Arlequim, porém astuto e covarde. Seu personagem tem como inspiração a cidade de Nápoles. A principal característica de sua máscara é o nariz longo e as roupas brancas.

7)Capitano:

O personagem se inspira nos soldados mercenários que invadiram a Itália. Sua máscara raramente é usada presa ao rosto.
   

8)Pedrolino/Pierrot:

Este é o servo fiel. Forte, confiável, honesto e devotado a seu mestre. Além disso, é charmoso e carismático e usa roupas brancas folgadas com um lenço no pescoço.

Pierrot é apaixonado por Colombina. Sua máscara retrata tristeza por ter seu coração partido, já que Colombina ama Arlecchino.
   

9)Innamorati:

São jovens, virtuosos e perdidamente apaixonados.Os "amantes" usam os trajes mais belos e nunca usam máscaras no Carnaval de Veneza. Geralmente, cantam, dançam ou recitam poemas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA