Pesquisadores encontram cavalo petrificado em Pompeia

Animal teria pertencido a oficial militar, segundo diretor

Animal estava amarrado com outros dois cavalos.
Animal estava amarrado com outros dois cavalos. (foto: ANSA)
07:46, 28 DezROMA ZFD

(ANSA) - Pesquisadores do Parque Arqueológico de Pompeia, no sul da Itália, descobriram os restos mortais de um cavalo com cela e ornamentos que sugerem que o animal tenha pertencido a um oficial militar da cidade.

"É uma descoberta muito rara ligada a uma propriedade suburbana rica que agora será investigada", diz Massimo Ossana, diretor no parque arqueológico. O animal estaria amarrado junto a outros dois ou três cavalos em um estábulo que foi atingido pela tempestade de cinzas que cobriu a cidade em 79 d.C.

A propriedade da qual o estábulo fazia parte fica na zona suburbana de Civita Giuliana, no norte da cidade. Alguns cômodos da casa já haviam sido descobertos no início do século XX por escavações clandestinas.

"A descoberta excepcional do estábulo com o cavalo confirma as expectativas e é apenas a primeira das descobertas importantes que esperamos fazer. A vila tem itens de alto valor, com ambientes ricamente ornamentados com afrescos, suntuosos terraços com vista para a baía de Capri, além de uma área de serviço com estaleiro, armazéns para vinho e azeite e amplos terrenos cultiváveis", explica Ossanna, que confirmou que vai destinar dois milhões de euros em 2019 para o projeto, que envolve desapropriação de terrenos e pesquisas arqueológicas.

As escavações que resultaram no descobrimento não fazem parte do projeto financiado com fundos provenientes da União Europeia. Ainda não há previsão sobre quando o espaço será aberto ao público. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA