Roma quer abrir palácio com vista única para Fontana di Trevi

Terraço oferece ângulo a partir de cima para a famosa fonte

Foto de 1979 mostra a vista da Fontana di Trevi a partir do terraço do Palácio Poli (foto: ANSA)
15:26, 23 JanROMA ZLR

(ANSA) - Visitar a Fontana di Trevi, em Roma, é um exercício de paciência. Multidões de pessoas ansiosas por uma selfie muitas vezes impedem que o turista tenha uma experiência satisfatória na fonte mais famosa da Itália.

Mas a "cidade eterna" pode ganhar em breve um novo modo de admirar a Fontana di Trevi e que oferecerá a oportunidade de vê-la de cima: o Palácio Poli, que fica atrás da fonte, estuda abrir seu terraço para visitantes de forma permanente.

A novidade foi revelada ao jornal romano Il Messaggero por Maria Cristina Misiti, diretora do Instituto Gráfico Nacional, órgão ligado ao Ministério dos Bens Culturais e sediado no Palácio Poli. "A ideia é abrir ao público um percurso de visita por uma série de ambientes no terceiro andar, subindo por uma pequena escada de caracol até o topo, para aproveitar a vista para a fonte e Roma", disse.

Atualmente, o Palácio Poli abre apenas para exposições e eventos extraordinários, mas o plano é transformá-lo em um museu permanente. "Estamos na fase de estudo de viabilidade, com a definição das intervenções de segurança e de um plano de acolhimento", acrescentou Misiti.

Segundo ela, o projeto pode demorar um ano para sair do papel. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA