Italianos fazem corrente de ajuda para meninas em quarentena

Avó das crianças faleceu pela Covid-19; mãe está internada

Caso aconteceu na cidade de Montevarchi
Caso aconteceu na cidade de Montevarchi (foto: Divulgação)
14:16, 29 MarMONTEVARCHI ZGT

(ANSA) - Em mais uma história comovente por causa do novo coronavírus (Sars-CoV-2), duas meninas de cerca de 10 anos foram ajudadas por toda a cidade de Montevarchi, na Itália, durante um período de quarentena obrigatória.

As crianças moravam com a avó e com a mãe, mas a pandemia atingiu em cheio a família: a avó, de 80 anos, faleceu da Covid-19 no hospital de Arezzo na última quinta-feira (26), e a mãe está internada na mesma unidade hospitalar desde a última semana.

Com isso, as duas ficaram em casa sozinhas. Ao saber do caso, a prefeita da cidade, Silvia Chiassai Martini, decidiu tomar conta das crianças, que cumprem quarentena obrigatória. Com isso, a cidade inteira se mobilizou para ajudar: os membros da igreja local enviam o café da manhã, almoço e jantar para as meninas, e uma pessoa da comunidade se voluntaria para cuidar das meninas em frente à casa, durante 24 horas, caso ocorra uma emergência.

Além disso, vizinhos ficam nas janelas ou vão em frente à casa para conversar com elas durante o dia. Já a mãe fala com as meninas através de videochamada.

"A partir dessa manhã, visto que a mãe não consegue ainda voltar para casa, a mãe aceitou a disponibilidade de uma parente próxima, e as crianças serão transferidas para a casa dessa mulher, que cuidará delas", informou a prefeita nesse domingo (29). Segundo Martini, os resultados dos exames das duas meninas devem sair em breve. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA