Rapper italiano Fedez será premiado por suas ações contra Covid

Sua esposa, Chiara Ferragni, também receberá a premiação

Rapper fez uma campanha de arrecadação de fundos para um hospital
Rapper fez uma campanha de arrecadação de fundos para um hospital (foto: ANSA)
15:01, 17 NovSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O rapper Fedez e sua esposa, a designer Chiara Ferragni, serão premiados pelos seus compromissos na batalha contra a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália.

O casal receberá da cidade de Milão, na região da Lombardia, o prêmio "Ambrogino d'Oro" pela campanha de arrecadação de fundos para criar uma nova unidade de terapia intensiva no hospital San Raffaele.

"Feliz e orgulhoso da minha família, o time mais lindo de que já fiz parte", escreveu Fedez em suas redes sociais.

A campanha de Fedez e Ferragni aconteceu em março. Eles conseguiram arrecadar 3 milhões de euros (por volta de R$ 19,2 milhões) em somente um dia e permitiu a abertura de uma unidade de terapia intensiva com 10 vagas.

Um jovem de 18 anos de idade foi uma das pessoas que foram salvas graças ao novo departamento construído no hospital San Raffaele.

O rapaz ficou preso a um respirador por dois meses após contrair a Covid-19 e precisou passar por uma delicada cirurgia para substituir seus pulmões, um transplante que nunca havia sido feito na Europa.

Os influencers também foram recentemente envolvidos pelo primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, em um apelo aos seus seguidores para o uso de máscaras de proteção.

Fedez e Ferragni deverão receber a maior condecoração concedida por Milão no dia 7 de dezembro, por ocasião da festa de Sant'Ambrogio.

Além deles, também vão ser homenageados com o "Ambrogino d'Oro": o professor Giorgio Vittadini, o compositor Fabio Concato e a diretora do presídio de Bollate, Cosima Buccoliero. (ANSA).

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA