Ítalo-brasileira Gaia leva ritmos latinos a Sanremo

Cantora estreou no concurso musical mais famoso da Itália

Gaia no palco do Teatro Ariston, em Sanremo (foto: ANSA)
09:38, 04 MarSANREMO ZLR

(ANSA) - A cantora ítalo-brasileira Gaia, de 23 anos, estreou nesta quarta-feira (3) no Festival de Sanremo, concurso musical mais famoso da Itália, em uma noite marcada pela apresentação de Laura Pausini e por uma homenagem ao maestro Ennio Morricone.

Vencedora do show de talentos Amici, Gaia, que é filha de mãe brasileira, levou ao palco do Teatro Ariston a canção "Cuore Amaro" ("Coração Amargo", em tradução livre), música com clara inspiração em ritmos latinos.

"Foi uma loucura, e consegui não cair das escadas. Obrigada a todos pela montanha de amor e mensagens recebidas", escreveu a cantora em seu perfil no Instagram. Gaia está em 12º lugar na classificação provisória do festival, de um total de 26, porém ainda subirá no palco mais três vezes, assim como seus concorrentes.

O ranking é liderado provisoriamente por Ermal Meta, já vencedor de Sanremo em 2018.

Homenagens

Um dos destaques da segunda noite do festival foi a apresentação da convidada Laura Pausini, que cantou "Io Sì", canção premiada como melhor música original no Globo de Ouro, no último domingo (28). A faixa faz parte da trilha sonora do filme "Rosa e Momo", estrelado por Sophia Loren.

"Nunca fico acostumada com isso, é estranho pensar que venci um prêmio assim com uma canção totalmente italiana", declarou Pausini. Já o trio de tenores Il Volo, também convidado especial do evento, prestou homenagem ao maestro vencedor do Oscar Ennio Morricone, morto em julho de 2020, interpretando uma de suas composições.

O grupo subiu ao palco em luto pelo pai de Ignazio Boschetto, que morreu dias antes do festival. "Fico feliz que vocês estejam aqui, mesmo em um momento tão difícil, para uma noite dedicada à grande música italiana no mundo", disse o apresentador Amadeus. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA