Cães serão treinados em Roma para identificar pessoas com Covid

Pesquisa começará em abril e está prevista para acabar em junho

Os cachorros serão treinados para auxiliar na luta contra o novo coronavírus
Os cachorros serão treinados para auxiliar na luta contra o novo coronavírus (foto: ANSA)
14:26, 01 AbrROMA ZRS

(ANSA) - Um grupo de cães começará um treinamento em Roma, na Itália, para reconhecer pelo suor se uma pessoa contraiu ou não o coronavírus Sars-CoV-2.

O projeto de pesquisa terá início no Hospital Universitário Campus Bio-Médico, na capital italiana, e contará com mais de mil pessoas envolvidas.

A eficiência do olfato dos cachorros será avaliada em testes moleculares para o diagnóstico de Covid-19. Caso os cães consigam identificar uma pessoa positiva, os procedimentos poderão ser mais seguros para o operador.

As avaliações estão previstas para começar em abril e encerrar no mês de junho deste ano, com os cachorros marcando presença todos os dias nos testes para Covid no Campus Bio-Médico.

Se a pesquisa for um sucesso, será possível utilizar os cães treinados em grandes eventos ou na entrada de aeroportos, estádios, cinemas e teatros. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA