Artista retrata 'Divina Comédia' em mural de colégio de SP

Obra homenageará 700 anos da morte do poeta italiano

Claudio Canato se inspirou em grandes nomes da arte italiana
Claudio Canato se inspirou em grandes nomes da arte italiana (foto: Divulgação / Colégio Dante Alighieri)
16:41, 10 JunSÃO PAULO Luciana Ribeiro

(ANSA) - Por Luciana Ribeiro - Em homenagem ao sétimo centenário da morte de Dante Alighieri (1265-1321), o artista plástico brasileiro Claudio Canato vai inaugurar neste ano um mural inspirado na obra-prima do sumo poeta, a "Divina Comédia".

A pintura fica no Colégio Dante Alighieri, em São Paulo, que já conta com três murais ilustrando a viagem do poeta pelo Inferno, Purgatório e Paraíso.

Ex-aluno do Dante, Canato foi convidado em 2010 para decorar as paredes do salão principal da escola. Após três anos de trabalho, o artista plástico entregou dois murais, ambos com 32 metros quadrados, com releituras do Inferno e do Purgatório.

Já a terceira obra foi desenhada entre 2014 e 2015 e explora o Paraíso em uma parede de 24 metros quadrados. "Nesse processo todo, o mais difícil era decidir o que deixar de fora. Isso é muito louco em uma obra desse tamanho porque você quer colocar tudo", diz Canato à ANSA, explicando que ele se inspirou em grandes nomes da arte italiana, como Sandro Botticelli (1445-1510).

"Nos desenhos que ele fez da Divina Comédia, ele usou várias vezes o Dante pontuando a própria viagem", acrescenta o artista brasileiro.

Atualmente, Canato trabalha em seu quarto mural, que encerrará o ciclo do Paraíso e foi batizado de "Empireo", morada de Deus na obra de Dante. A expectativa é de que a pintura fique pronta em setembro para celebrar os 700 anos da morte do sumo poeta, "uma inspiração sem tamanho" para o brasileiro.

Para fazer a releitura, o artista primeiramente se aprofundou na obra de Dante para depois pensar nos desenhos, até formar uma composição com outras figuras. De acordo com ele, retratar a "Divina Comédia" é "um prato cheio para todo artista", ainda mais por ser uma "obra muito imagética, com todo o cenário e os personagens quase que prontos".

O artista brasileiro explica que muitas boas ideias surgem principalmente pelo dia a dia com os alunos e os professores.

"Essa troca foi muito rica, inclusive para o mural. Coisas que a gente conversou no corredor, e eu achei legal, acabei colocando na parede, ideias de alunos, inclusive", diz Canato.

Visita 360º -

Assim que o painel for finalizado, o Colégio Dante Alighieri terá uma das maiores pinturas da "Divina Comédia" no mundo inteiro, totalizando mais de 100 metros quadrados. Para a obra não ficar restrita a alunos e professores, a instituição estuda a possibilidade de abrir visitas virtuais para os amantes do poema.

"Estamos fazendo uma série de captações dessas imagens, com diversas tecnologias, e a gente vai tentar até o final desse novo mural ter uma vista 360 graus, uma visita virtual para as pessoas poderem visitar, não só vindo aqui, mas entrando no site", revela Canato.

A ideia é "deixar um legado não só com imagens, mas também por escrito, para as futuras gerações terem acesso". Com isso, Canato deseja disponibilizar "algo a mais" do que apenas uma descrição dos murais, como por exemplo o significado da obra, da viagem de Dante e dos símbolos escondidos, para que as pessoas consigam se aprofundar na história.

"Eu descobri uma nova função para a pintura, que é o ensinar. O mural virou uma ferramenta de educação, e eu o preencho de conteúdo e disponibilizo isso para os alunos e professores, que podem usar o mural como ponto de partida para diversas discussões em todas as matérias", explica. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA