Começa em São Paulo a 10ª Semana da Cozinha Regional Italiana

Evento acontece em 20 restaurantes até 28 de novembro

Pansotti com ricota e espinafre ao molho de nozes, disponível no Santo Colomba
Pansotti com ricota e espinafre ao molho de nozes, disponível no Santo Colomba (foto: Divulgação)
15:34, 22 NovSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Começou nesta segunda-feira (22) a 10ª Semana da Cozinha Regional Italiana (Settimana della Cucina Regionale Italiana), que propõe um roteiro pela gastronomia das 20 regiões da Itália em 20 restaurantes de São Paulo.

De volta ao formato presencial após a edição passada ter sido redimensionada ao delivery pela pandemia de Covid-19, o evento acontece até 28 de novembro e é organizado pelo Consulado-Geral da Itália na capital paulista e pela Accademia della Cucina Italiana.

Cada um dos 20 restaurantes participantes oferece um menu relativo a uma das regiões do país europeu, com duas opções de entrada, duas de primeiro prato, duas de segundo prato e duas de sobremesa.

Os preços no almoço (entrada, primeiro ou segundo prato e doce) vão de R$ 89 a R$ 230, enquanto no jantar (menu completo com quatro pratos) os valores variam de R$ 139 a R$ 360.

Tradicionalmente, a Settimana traz 20 chefs italianos para cozinhar durante uma semana nos restaurantes de São Paulo, mas as restrições de viagem ainda vigentes no país europeu obrigaram a organização a convidar apenas três cozinheiros: Achille Pinna, Claudio Rocchi e Maurizio Morini.

Os três se revezarão nos 20 restaurantes ao longo da semana, sendo que cada um ficará responsável por uma parte da Itália. Pinna, da Sardenha, cuidará dos menus do sul e das ilhas; Rocchi, do Lazio, trabalhará com os cardápios do centro; e Morini, da Emilia-Romagna, será o responsável pelo norte.

"No ano passado nós não conseguimos trazer os chefs, mas neste ano nós temos três representantes desse time que sempre vem aqui. Dois estão vindo pela quarta vez, e um, pela terceira vez, então conhecem muito bem como funciona nosso evento", disse Gerardo Landulfo, delegado da Accademia della Cucina Italiana, durante o lançamento da Settimana, na última sexta-feira (19), no restaurante Felice e Maria.

Segundo ele, a presença dos cozinheiros é importante porque um dos objetivos do evento é justamente promover esse intercâmbio entre os dois países. "O chef italiano vai dar dicas que com certeza vão ficar, e muitos restaurantes acabam adotando alguns pratos que foram trazidos e entram no cardápio", acrescenta.

No retorno à Itália, os três chefs precisarão cumprir quarentena de 10 dias e apresentar resultado negativo de exame PCR ou de antígeno realizado nas 72 horas anteriores ao embarque. "É até um sacrifício o que eles fizeram. Por isso a gente não forçou. A Itália também está retomando, então você tirar as pessoas do trabalho para depois voltar e ficar mais 10 dias sem poder trabalhar...", ressaltou Landulfo.

Já a cônsul adjunta da Itália em São Paulo, Livia Satullo, ressaltou que a cozinha do Belpaese não é apenas "comida", mas é também um "jeito de viver". "A cozinha é família, é compartilhar um momento da vida e uma tradição. É algo que vai além da comida", disse.

De acordo com ela, o evento é uma forma de promover os territórios italianos e as particularidades de cada região. "A Itália é um país pequeno em relação ao Brasil, mas cada região tem uma cozinha diferente, é um país com milhares de cozinhas", afirmou.

Por sua vez, o chef Claudio Rocchi destacou que uma das missões do evento é tentar "italianizar" novamente os pratos que foram "abrasileirados". "E está funcionando, a repercussão é maior a cada ano", garantiu.

Os restaurantes participantes são: Attimo Per Quattro (Abruzzo); Ristorantino (Basilicata); Casa Santo Antônio (Calábria); Vinarium Antica Trattoria (Campânia); Luce Trattoria (Emilia-Romagna); Borgo Mooca (Friuli Veneza Giulia); Sughetto (Lazio); Santo Colomba (Ligúria); Lido - Amici di Amici (Lombardia); Pina (Marcas); Picchi (Molise); Piselli Jardins (Piemonte); Zena Caffè (Puglia); Supra di Mauro Maia (Sardenha); Mezza Luna (Sicília); Sensi Gastronomia (Toscana); Tre Bicchieri (Trentino-Alto Ádige); Maremonti Trattoria & Pizza - Unidade Campo Belo (Úmbria); Alto Pizza e Cucina (Vale de Aosta); e Trattoria (Vêneto). (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA