Conheça a cidade italiana que sediará o Eurovision

Capital do Piemonte conta com diversas riquezas culturais

Capital do Piemonte conta com diversas riquezas culturais
Capital do Piemonte conta com diversas riquezas culturais (foto: ANSA)
17:10, 09 MaiSÃO PAULO Por Luciana Ribeiro

(ANSA) - A partir desta terça-feira (10), a cidade de Turim, no norte da Itália, sediará a 66ª edição do Eurovision Song Contest, principal concurso de música da Europa.

A capital do Piemonte é uma das cidades mais fascinantes e misteriosas do país e é rodeada de montanhas e colinas, além de ser repleta de parques, edifícios barrocos, arquitetura contemporânea, manifestações cinematográficas, antigas coleções de arte, entre outras riquezas culturais.

Aos pés dos Alpes e às margens do Rio Pó, o município localizado a 145 quilômetros de Milão já foi a primeira capital da Itália após a unificação, no século 19, e continua guardando verdadeiros tesouros históricos.

Os Savoia, uma das mais importantes famílias nobres italianas, foram responsáveis pela região ganhar uma série de palacetes luxuosos a partir do século 16, como o Palácio Real de Turim.

O roteiro ideal para uma visita a Turim sugerido pela Agência Nacional de Turismo da Itália (Enit) deve começar da chamada "coroa das delícias", as belas residências que cercam a cidade e já foram usadas como pavilhões de caça e casas de verão, como a Reggia di Venaria Reale.

Ao mesmo tempo, os edifícios religiosos como a Basilica di Superga, a Gran Madre, o Duomo, a Consolata, a Crocetta, contam a história de Turim e representam o melhor testemunho dos grandes arquitetos que passaram pela capital, de Juvarra a Guarini.

No Duomo, é possível venerar o Santo Sudário - tecido que a Igreja Católica diz ter envolvido o corpo de Jesus Cristo após sua morte -, abrigado na excêntrica cúpula que foi incendiada em 1997 e completamente restaurada.

Graças à herança dos bens da antiga família real, Turim preserva tesouros preciosos: armas, joias, tapeçarias, móveis. Na Biblioteca Real, por exemplo, está preservado o autorretrato de Leonardo da Vinci feito em sanguínea, um dos desenhos mais famosos do mundo.

O conhecido "Collegio dei Nobili" é a sede do Museu Egípcio, que possui uma coleção de mais de 5 mil artefatos, perdendo apenas para o Museu do Cairo. Com quase 200 anos de existência, o local abriga itens que vão de estátuas de deuses a sarcófagos, passando por vasos e manuscritos em papiro.

Entre os destinos imperdíveis também estão a Galeria de Arte Moderna e o Castelo de Rivoli. A Mole Antonelliana, símbolo de Turim, é a sede do Museu do Cinema, com uma arquitetura futurista que representa o encontro perfeito entre tradição e progresso.

Além disso, Turim é um destino amado por milhares de estudantes de todo o mundo, principalmente por causa de suas prestigiadas universidades e escolas. A cidade ainda abriga a icônica sede da Fiat e o famoso Museu do Automóvel, onde é possível encontrar desde o primeiro modelo de carro a vapor até os atuais monopostos de Fórmula 1.

Para quem quer passar um tempo ao ar livre, a cidade também tem grandiosas praças cercadas de cafés, espaços às margens do Rio Pó ou o Parco del Valentino, que conta com um burgo medieval.

Por fim, Turim tem o costume de sediar diversos eventos culturais e gastronômicos, como o Torino Jazz Festival, o Salão do Livro e a CioccolaTò, uma feira dedicada ao chocolate artesanal. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA