Kiev acusa rebeldes de ameaçarem processo de paz

Porta-voz militar denunciou novos ataques dos separatistas

Soldado cozinha batata em posto de controle do Exército ucraniano
Soldado cozinha batata em posto de controle do Exército ucraniano (foto: EPA)
09:02, 15 SetKIEV ZLR

(ANSA) - Um porta-voz militar ucraniano acusou neste domingo (14) os rebeldes pró-Rússia de ameaçarem o processo de paz ao intensificarem os seus ataques contra as posições das forças de Kiev, apesar do cessar-fogo vigente desde 5 de setembro. Segundo Volodymyr Poliovy, os separatistas avançaram contra alguns postos de controle do Exército no leste. "As ações dos terroristas ameaçam a realização do plano de paz do presidente", declarou, em referência à trégua assinada pelo chefe de Estado Petro Poroshenko e pelas milícias.
    No sábado (13), o primeiro-ministro Arseni Iatseniuk já havia acusado o presidente russo, Vladimir Putin, de querer tomar a Ucrânia inteira. De acordo com o premier, apesar do cessar-fogo com os rebeldes, o Kremlin continua interessado em desestabilizar a situação no leste do país. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA