Ashraf Ghani é o novo presidente do Afeganistão

Anúncio foi feito após recontagem de votos

Os dois candidatos anunciaram acordo na recontagem de votos
Os dois candidatos anunciaram acordo na recontagem de votos (foto: EPA)
10:36, 22 SetCABUL ZGT

(ANSA) - Após mais de três meses de dúvidas, o ex-ministro de Finanças do Afeganistão Ashraf Ghani Ahmadzai venceu as eleições no país e será o novo presidente, informou a Comissão Eleitoral Independente (IEC) neste domingo (21). A posse do novo mandatário será no dia 29 de setembro.

 

A agência de notícias Pajhwok afirmou que Ghani venceu com 55,27% dos votos (3.935.567 votos) enquanto seu concorrente Abdullah Abdullah teve 44,73% (3.185.018 votos). Os números não foram confirmados pelo IEC.

 

"A Comissão verificou com base nos votos recontados que Ghani é o novo presidente e Abdullha será o "chefe-executivo" do futuro governo", afirmou em uma coletiva de imprensa o presidente do IEC, Ahmad Yousaf Nuristani.

 

As eleições no país ocorreram no dia 14 de junho e as pesquisas de opinião já apontavam a vitória de Ghani para suceder o presidente Hamid Karzai. Porém, na primeira eleição democrática do país, houve muitas denúncias de fraude e foi necessária a recontagem dos votos.

 

A ministra das Relações Exteriores da Itália, Federica Mogherini, afirmou que "o acordo sobre o novo governo de unidade nacional é um sinal da primeira transição democrática de poder na história do Afeganistão" e que espera "que isso consentirá, finalmente, uma participação ampla e compartilhada da gestão do país e de suas instituições". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA