Mahmoud Abbas pede proteção internacional contra Israel

Presidente palestino discursou na Assembleia-Geral da ONU

Bandeira da palestina foi hasteada pela primeira vez na ONU (foto: EPA)
16:37, 30 SetNOVA YORK ZLR

(ANSA) - Em seu discurso na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, pediu proteção internacional contra Israel.
    Segundo o líder, a ANP não é capaz de continuar sob esse "status quo". "Por favor, por favor, apelamos a vocês, precisamos da sua proteção internacional", declarou Abbas em seu pronunciamento. Além disso, ele afirmou que a Palestina não está mais ligada a nenhum acordo firmado nos últimos 20 anos com Israel, inclusive àqueles relativos à colaboração em segurança.
    "Enquanto Israel se recusar a se comprometer sobre os acordos assinados conosco, tornando-nos uma autoridade sem poderes reais, e enquanto Israel se recusar a interromper as atividades de colonização e libertar os prisioneiros palestinos, não teremos outra escolha", acrescentou o presidente.
    Abbas também ressaltou que, ou se persegue a paz e a solução dos dois Estados, ou se encoraja o "extremismo". "É preciso acabar com a ocupação mais longa da história", disse. O chefe da ANP discursou no dia em que, pela primeira vez, foi hasteada a bandeira palestina na sede das Nações Unidas.
    "Esse é um dia de orgulho para os palestinos de todo o mundo", afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Após seu discurso, Abbas foi recebido pelo sul-coreano, que fez a ele um apelo para retomar as negociações de paz.
    Já o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que o pronunciamento foi "enganoso" e encoraja o "desastre no Oriente Médio". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA