Trump terá 'arrependimento histórico', diz Irã sobre acordo

Rohani afirmou que declarações do magnata "não são lógicas"

Hassan Rohani em discurso à nação
Hassan Rohani em discurso à nação (foto: EPA)
11:03, 06 MaiTEERÃ ZLR

(ANSA) - O presidente do Irã, Hassan Rohani, afirmou neste domingo (6) que os Estados Unidos terão um "arrependimento histórico" caso se confirme sua iminente saída do acordo nuclear assinado em 2015.

Em um discurso à nação, Rohani afirmou que Teerã já se planejou para reagir a qualquer decisão do presidente Donald Trump. "Há apenas um Estado, um pequeno país e um regime que defendem que o acordo com o Irã é um erro: EUA, Israel e Arábia Saudita", disse o mandatário iraniano.

"As declarações do presidente americano em seus 15 meses de mandato, nas quais sustenta que o acordo é o pior já assinado, não são lógicas. O Irã não negociará com ninguém sobre seus mecanismos de defesa", prosseguiu Rohani.

A imprensa norte-americana diz que Trump deve anunciar sua saída do acordo nuclear em 12 de maio, alegando que o Irã não respeita seus compromissos. Os outros países signatários, Alemanha, China, França, Reino Unido e Rússia, além da União Europeia, defendem a manutenção do tratado.

Trump gostaria de incluir no acordo restrições ao programa de desenvolvimento de mísseis de Teerã, mas a nação persa já disse que não aceitará alterações no pacto. Com o acordo, o Irã se comprometeu a limitar seu programa atômico e a usá-lo apenas para fins pacíficos, em troca da redução das sanções internacionais. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA