Coreia do Sul zera novos casos domésticos do coronavírus

Presidente Moon Jae-in celebrou a novidade nas redes sociais

Sul-coreanos de máscara celebrando o aniversário de Buda
Sul-coreanos de máscara celebrando o aniversário de Buda (foto: EPA)
11:29, 30 AbrSEUL ZRS

(ANSA) - A Coreia do Sul não registrou nesta quinta-feira (30) novas infecções domésticas por coronavírus pela primeira vez desde fevereiro, informou o Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país (KCDC).

As autoridades sul-coreanas informaram que a nação relatou quatro novos casos da doença, mas todas foram importadas, elevando para 10.765 a quantidade de contágios. Além disso, o país registrou uma morte, fazendo o número de vítimas subir para 247.

Enquanto isso, 9.059 pessoas foram tratadas e receberam alta dos hospitais. No geral, a taxa de cura aumentou para 84,15%.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, celebrou a notícia em uma publicação em seu perfil no Facebook.

"Pela primeira vez em 72 dias zeramos os casos locais", escreveu o chefe de Estado do país.

No final de fevereiro, a Coreia do Sul era o segundo país no mundo com mais casos de coronavírus, atrás somente da China. No entanto, a nação conseguiu reverter a situação.

Com isso, o governo sul-coreano flexibilizou as regras de quarentena e espera relaxar ainda mais as regras de distanciamento social nos próximos dias se o número de casos seguir diminuindo. No entanto, o país celebrará uma série de feriados e as autoridades de saúde pediram cautela para a população.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA