Wuhan, na China, volta a registrar caso de Covid após 1 mês

Cidade é o epicentro da pandemia do novo coronavírus

Wuhan é o 'marco zero' da pandemia do novo coronavírus
Wuhan é o 'marco zero' da pandemia do novo coronavírus (foto: EPA)
10:51, 10 MaiROMA ZLR

(ANSA) - A cidade chinesa de Wuhan, "marco zero" da pandemia do novo coronavírus, voltou a registrar um caso depois de pouco mais de um mês.

Segundo a Comissão Nacional de Saúde da China, trata-se de um idoso de 89 anos residente no distrito de Dongxihu, onde o risco epidemiológico foi elevado de pequeno para médio. O paciente está em estado crítico.

Wuhan já contabiliza 50.332 casos e 3.869 mortes pelo novo coronavírus, mas não registrava novos contágios desde 3 de abril, após ter passado mais de dois meses em um regime de quarentena severa.

A China, segundo dados oficiais, tem 83.994 casos de Covid-19 e 4.637 óbitos. Em todo o mundo, o novo coronavírus já contaminou mais de 4 milhões de pessoas e deixou cerca de 280 mil mortos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA