Japão decreta fim do estado de emergência por Covid-19

País anunciou reabertura gradual dos serviços

Japão vivia o estado de emergência sanitária desde 7 de abril
Japão vivia o estado de emergência sanitária desde 7 de abril (foto: EPA)
15:02, 25 MaiTÓQUIO ZGT

(ANSA) - O Japão anunciou nesta segunda-feira (25) o fim do estado de emergência sanitária por conta do novo coronavírus (Sars-CoV-2) por todo o território. A medida ainda estava em vigor em cinco prefeituras, incluindo a capital Tóquio.

Segundo o primeiro-ministro, Shinzo Abe, "em pouco mais de um mês e meio, nós conseguimos colocar a pandemia quase totalmente sob controle".

O estado de emergência havia sido instituído em Tóquio, Osaka e outras cinco áreas urbanas em 7 de abril, sendo estendido para todo o território na metade do mesmo mês.

Diferentemente de outras nações, o Japão não tinha um lockdown como o imposto em nações europeias. Ele restringia o horário de funcionamento de todo o comércio e das empresas, além de fechar bibliotecas, museus e demais locais culturais com aglomeração e pedia que as pessoas se conscientizassem da importância de permanecer em casa o máximo de tempo possível.

Hoje, o governo agradeceu a colaboração dos cidadãos para controlar o avanço da Covid-19.

Agora, o Japão terá uma fase de reabertura dividida em três etapas. A partir desta terça-feira (26), serão reabertas as bibliotecas e os museus, e os restaurantes poderão voltar a funcionar até às 22h. Nas duas próximas, serão liberados os horários de funcionamento de serviços não essenciais. Porém, karaokês, estádios e locais com música ao vivo ainda estão proibidos de funcionar.

Até esta segunda-feira, de acordo com o Centro Universitário Johns Hopkins, o país contabiliza 16.550 casos de Covid-19 e 820 mortes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA