UE começa a discutir reabertura de fronteiras externas

Brasil estaria em suposta lista de países vetados

Movimentação no Aeroporto Son Sant Joan, em Palma de Mallorca, na Espanha, 22 de junho
Movimentação no Aeroporto Son Sant Joan, em Palma de Mallorca, na Espanha, 22 de junho (foto: AFP)
10:09, 24 JunBRUXELAS ZLR

(ANSA) - Os representantes dos Estados-membros da União Europeia começam a discutir nesta quarta-feira (24) a reabertura das fronteiras externas do bloco, prevista para iniciar em 1º de julho, mas de maneira gradual.

Segundo uma lista preliminar citada pelo jornal americano The New York Times, turistas de Estados Unidos, Brasil e Rússia, os três países com mais casos do novo coronavírus, podem continuar proibidos de entrar na UE a partir do mês que vem.

As discussões acontecem no Coreper, um comitê que reúne os embaixadores de todos os Estados-membros na União Europeia. O órgão não tem poder decisório, mas seus relatórios servem de base para o Conselho Europeu, principal instância política do bloco.

De acordo com fontes europeias, a discussão estaria orientada em quais critérios sanitários adotar para permitir a entrada de cidadãos extracomunitários, levando em conta uma abordagem "o mais objetiva possível" e sem desconsiderar o critério da reciprocidade.

Essas mesmas fontes dizem que não há ainda nenhuma lista de países cujos turistas serão vetados ou permitidos a partir de 1º de julho, contrariando a informação do New York Times. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA